sábado, 20 de fevereiro de 2010

Boys, Boys, Boys... Fim de Regime e Alternativa



Há 10 anos quando fiz parte da Direcção da Associação de Estudantes do Instituto Superior Técnico, tive o privilégio de assistir às manobras e enfrentar a Boysada do PS e PSD (eram e são iguais). Eram oportunistas, sem referências (a não ser ligeiramente para efeitos de marketing e facilmente cambiáveis), o seu objectivo era a auto-promoção pessoal o seu principal método a subserviência face ao poder instalado (nas Universidades, no Estado e nas Empresas das quais esperavam vir a obter favores).
Lembro-me de falar com um colega que também tava na direcção da AEIST que tinha alguma simpatia pelo PS e lhe dizer:

"As figuras mais antigas do PS tinham referências, passaram pelo combate à ditadura, exílio, viveram o PREC, não estou nesse lado na luta mas reconheço que têm alguma profundidade e raízes... Mas estes agora que conhecemos, esta nova geração, não tem nada, só está aqui para se encher à custa de tudo e todos"

Passados 10 anos vemos o que é esta nova geração sem princípios ou referências algumas a chegar ao topo do poder ...  Gente que desde que chegou à Universidade (e alguns já vinham do secundário com essa escola...) e desde aí foi só safar-se à base de esquemas!!! Falsificar eleições, marcar datas de eventos eleitorais de forma a impedir concorrentes de participarem, desviar fundos das associações para empresas paralelas, difamar os adversários com as mais vis mentiras e sobretudo, nunca assumir nada, nenhuma crítica... Quando alguma coisa se aponta a defesa é sempre o ataque, uma lata descomunal! E claro a constante procura de artifícios para-legais para lixarem os outros... Esses meninos, agora já a passar dos trinta já não "brincam" com as AEs, agora é com o próprio Estado!!! A República está a saque! E se esta gente não for parada só vai continuar e aumentar!


Mas continuar, desta forma, a médio prazo parece-me insustentável, a questão é qual será a alternativa a este regime semi-mafioso e esta elite chico-esperta de vão de escada. O PP e Paulo Portas não dormem (estou farto de avisar), têm sido a oposição mais consequente e estão a facturar com este caso. A boca que o Paulinho mandou acerca de um Boy que ganha mais de um milhão de euros pa fazer recados ao Poder foi muito bem metida e aproveitam para fazer campanha ideológica contra o Estado, ou seja, o problema não é isto tar entregue a mafiosos e o Estado estar ao serviço de uma elite da tanga, segundo o PP o problema é a existência do próprio Estado em vários sectores da economia nacional... se ninguém rebater isto (coisa que ainda não vi)  é um argumento que vai fazer caminho.
Para além disso na geração dos 30 e abaixo não há só Boys (& Girls), há muita gente com capacidade, muitos executivos e quadros intermédios de empresas, gente que nunca se meteu muito na política, mas que se for mobilizada (e o PP começa a fazer isso um pouco, basta ver as suas últimas listas à AR) para o combate política serão uma força temível a ter em conta.

Face a isto, a Esquerda (e quem me disser que o PS, instituição, é Esquerda é porque ou é burro ou tem interesses escondidos... isto tá a ficar demasiado óbvio para se tolerar abébias) anda a dormir... O Bloco fez bem em propor uma comissão de inquérito para esclarecer esta embrulhada, aliás a melhor jogada do BE desde o início desta legislatura, mas é pouco.

É preciso perceber que estamos numa fase de fim de regime, o pântano que já dura 10 anos é insustentável, haverá mudanças drásticas quer queiramos quer não! E antes sejam mudanças que queremos do que as que nos forem impostas. O Caso Alegre vs Nobre é paradigmático das consequências de se fazer política sem estratégia, apenas navegando à vista. O Bloco tem de saber para que é que anda aqui?
- Para construir uma alternativa de regime?
- Para salvar o regime e reabilitá-lo?
- Para combater o PS ou influenciá-lo?
- Quer chegar sozinho ao poder, ou aliado a outras forças? Quais?
- Que compromissos está disposto a fazer?
- É para ser apenas força de resistência e protesto ou mais?
- Quer se construir como força com real implantação orgânica no terreno, ou ter uma política de intervenção social mais difusa?

É preciso dar respostas consequentes a estas questões e assumir os custos que qualquer delas têm. As respostas não são simples, nem lineares, mas tem de se defini-las.
O mínimo que se exige é a construção de um "Programa de salvação da República" com 5 a 10 pontos e o lançamento de uma convenção de regeneração da República que sirva de base a um programa de um Governo Popular de Salvação da Pátria, que leve a cabo mudanças estruturais na nossa economia-sociedade e que seja exemplo para aqueles que no resto da Europa também se movem neste campo.

Aliás já se fala por aí de "Pactos de Regime", em Espanha essa é a discussão do momento e cá também virá a ser. Que resposta daremos? "Não, porque é mau", sinceramente é preciso mais! Já está claro que golpadas à toa para obter alguns ganhos imediatos, tipo apoiar Alegre a um ano e meio das eleições, não vai dar em nada...

É com quase incredulidade que assisto ao facto da Esquerda (BE, PC e outros afins) ainda não se começarem a mover no sentido de construírem uma Alternativa de Regime... Parece que tá tudo a dormir... Não sei a que ponto será preciso chegar, mas, camaradas o espírito da coisa terá de ser este:


As Jornadas de 10 de Julho de 1792, evento decisivo da Revolução Francesa e da Modernidade


7 de Novembro de 1917, O Assalto do Palácio de Inverno, o evento mais marcante do século XX!


«Por muito menos rolou no cadafalso a cabeça de Luís XVI» Afonso Costa em discurso nas Cortes nos anos finais e decadentes do regime monárquico.


E olhem esta malta, Jacobinos e Bolsheviques, soube construir amplas alianças e fazer todo o tipo de compromissos, mas, lá está, tinham um rumo e estavam dispostos a TUDO para derrotar as trevas e fazer triunfar a Liberdade, Igualdade e Fraternidade! Para construir um mundo justo sem Senhores e Servos...

E nós? Há muito quem tenha uma certa filosofia que apelido de Nacional-Tótó, um cinismo misturado com senso comum básico e com horror ao sacrifício e a sujar as mãos, há uma música dos Beatles "You say you want a Revolution" que sintetiza bem essa postura. Este post que escrevi dá uma boa resposta, mas aconselho vivamente a visualização deste excerto de uma entrevista ao Zizeck sobre Robspierre e o Terror.



E para acabar aqui vos deixo com uma gravura da Revolução Francesa, a Liberdade lançando raios de Luz sobre o fanatismo e a ignorância.


5 comentários:

Luis Rocha disse...

O Alegre, o Alegre, eu bem avisei...

Pois é eu sempre disse que o Alegre era um embuste. Mais concretamente um farsante em nada diferente do Soares - o pai do 25 de Novembro. Agora tudo se esfuma por causa do Nobre, supostamente???

A verdadeira razão porque o Alegre se esfuma não tem a ver com a disputa que lhe coloca o Nobre, tem sim a ver com o desmascarar da farsa do suposto homem honesto e indignado. Já toda a gente viu que Alegre vende todos os seus princípios e escrúpulos (isto se acharmos que ele alguma vez os teve) pelo tachono palácio presidencial. Onde é que está o Alegre que critica e se distancia do Sócrates agora que está consumado o acordo de bastidores entre esses dois repugnantes personagens.

Agora que toda a réstia de credibilidade do corrupto, mentiroso, neoliberal e mafioso Sócrates se esfuma, o seu companheiro de tachos e compadrio Alegre vem em sua defesa.

E assim se esfumam os dois por entre a ruína moral em que jaz o PS, o Partido da Direita e do Grande Capital cuja esquerda portuguesa tem tanta dificuldade em mandar, para sempre e de uma vez por todas: À MERDA!!!!

Luis Rocha disse...

E digo mais o Alegre é um crápula!

Eu escreveria uma manifesto anti-alegre se fosse o Almada Negreiros!

Claro que também faria o mesmo para os Sócrates, os Soares, as Ferreiras Leite, os Passos Coelho, os Rangéis, os Paulos Portas e muitos outros que não tenho tempo de mencionar.

Mas a questão é sermos coerentes, honestos e directos quando apelamos à Revolução e à luta de classes e não irmos em cantos de sereia.

Chega de Eanes, chega de Pintassilgos, chega Guterres, chega de Alegres, chega de supostos mal-menor, chega de embustes, isto ou vai ou racha!

miguel disse...

"tinha alguma simpatia pelo PS"...

apenas alguma, atenção.

Francisco disse...

LOL, acho que não fugi muito à verdade... era mais a onda "Ferro Rodrigues", aliás viu-se o que lhe fizeram...

文章 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,自拍,情色論壇,性感影片,正妹